Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Aleatórias’

Você tinha dois caminhos à sua frente, e como todo e qualquer outro ser, tinha que eleger um como o correto.
Diferente do que aparenta, não havia pressão e nem ameaças. Tinhas o direito de refletir, de pesar os prós e contras.
De sonhar repetitivamente com todos os “E Se… Mas e SE de novo…”.
Não cabe a mim, mera observadora e disseminadora dos fatos, que fica em sua mente, relatando de forma pré-cronista seu dia-a-dia, julgar o que te levou a escolher o caminho que escolheu, ou o porque esta escolha foi tão rapida.
(Alguns, mais ferinos, diriam que foi tua dor, teu desespero que te fez ser tão impulsiva.)
Se bem se lembras, foi gentilmente apresentada para essa nova realidade utopica onde, tudo o que não tinhas e que não eras, tudo o que não tinhas feitos em sua pacata e sombria vida, aqui, estavam enraizados em todos os teus passos.
Aqui, a sombra não obscurece tua alma. Aqui, você se tornou a propria sombra, desfrutando assim, de todas as maravilhas de uma vida livre de observações.
O preço, para sermos apenas um pouco redundantes, se te lembras, era prestar serviços que , levando em consideração as tuas novas habilidades, era “mamão-com-açucar.”

Comico ainda te lembrares de uma expressão que aqui, nesta tua vida nova, nem sequer existe.

Estás feliz. As diferenças já quase não te incomodam mais, porem, esta manhã, sem nenhum pensamento ou motivo aparente, sentistes uma lágrima aventurar-se pelos contornos do teu rosto.

Deve ter sid espantoso se deparar frente a frente com o ato falho que a engolia na sua vida anterior. Tristeza?
Vazio?
O que te falta aqui? O que é tão importante agora, que tanto te consome, que quando foi fazer tua escolha nem se quer foi levando em consideração?

O desespero de tentar mudar e se livrar do peso de uma vida de marcas fez com que se esquece que .. tinhas alguem esperando que tu voltastes. E logo.

Mas… quem era mesmo esta alguem?!
Antes que tua mente faça conexões ou entre em um colapso, o telefone toca.

“Tens uma nova tarefa, soldado!”

.

Read Full Post »

A complicação na verdade é ilusória. Tudos os passos são bem simples.
Você não se lembrara do antes. Quando teus olhos se abrirem novamente, o mundo que te cerca, não será mais o mesmo.
É um misto dos principios filosoficos com os ciêntificos, salpicados de ideias revolucionárias da física.
Nada é mais igual. Você está em uma outra realidade.
As escolhas que você fez na sua vida “anterior” não fazem parte desse universo paralelo.
Se olhe bem no espelho, este seu novo EU, é na verdade o VOCÊ que assumiu todas as escolhas que você descartou no outro “mundo”.
Os caminhos que você não seguiu lá, você tem tatuado em sua mente aqui.
Lá, você vive algemado as leis e ao medo, aqui, você se torna o medo do teu inimigo.
Aqui, você é o balanço, a justiça.
Se antes teus passos eram despreocupados e , a cada tropeço, chamavas a atenção, aqui, você desliza pelas sombras, se fazendo invisivél.
Você é um fantasma. Suas glórias são descartadas logo no primeiro segundo pois,bem.. “você tem uma nova tarefa soldado.”

Seus reflexos são aguçados e você se movimenta com leveza, mas com muita determinação.
Teu corpo é definido e acustumado a qualquer tipo de sofrimento.
Aguentas a dor, as temperaturas extremadas e , aqui, teus sentimentos não interferem nas tuas “missões.”

Se lá você era um mero ser, vitimado pela sociedade opressora , aqui, você é livre e o dono do mundo!

Esclarecido essa pequena cláusula, cabe a você responder: O quão boa tua mira é e , és rápido no gatilho?

….

“Parabéns soldado”.

 

.

Read Full Post »

You breathe , don’t you?

Existia antigamente uma certa ansiedade pelo amanhecer.
Deixar com pesar a cama que acabava de finalmente se tornar confortavel, para enfrentar a claridade irritante nos olhos ainda cansados. Mascarar as olheiras, permitir que uma boa quantia de ar frio invada seus pulmões manhosos.
Para não se permitir cair no marasmo ao longo do caminho, ia contornando as nuvens que, sempre atarefadas , apresentavam seus passos com destreza. Era hora de sair – com classe- de cena para permitir que o rockstar desejado subisse ao palco. O sol.
Existia uma beleza em ver o sol nascer, colorindo o céu acizentados com seus arranhões adolescentes de laranja,marrom,amarelo,vermelho e as vezes, quando o frio e a neblima eram muito inssistentes, lilás.
Era como se sua mente , ainda caminhando entre o sonho e o real, desenhasse involuntariamente um novo horizonte de acordo com o que te aguardava ao longo do dia. De acordo com suas expectativas.

Pegue um atalho para chegar mais perto das tintas que tanto inspiravam as pessoas matinalmente,mas… me perdi.
Todas as manhãs, caminho tropega na mesma floresta musguenta, e escura.
Não há cores que não o breu.
Não há passos senão os de teus fantasmas, que teimam em gragalhar em teu peito todas as tuas dores e irracionalidades.

Com as mãos tremulas, esfrego meus olhos, quase como que ameaçando-os a voltarem a enxergar todas aquelas cores que me motivavam.
Mas, por alguma razão o mundo me pôs de castigo. Me expulsou de sua casa e agora não sou nada mais do que uma viajante nas sombras aguardando por redenção.

Me disseram que o mundo é cruel, mas , mesmo sem saber o que fiz para ele, acho que ele é apenas ….. rancoroso.

Sinto falta de respirar sem precisar fazer desse ato algo calculado e sofrido, carregado de reflexões e lembranças pesarosas.

 

.

Read Full Post »

Imagem

O tempo não sai de férias só porque você sofre de algum tipo de incapacidade para tomar uma decisão.
O relogio é amigo daqueles que já estão despertos antes mesmo do despertador esgoelar.
Quem é previnido não acorda no susto!

Eu vejo todas as mascaras e sei direitinho como criar as situações perfeitas para que elas escorreguem, te fazendo entender, sutilmente, que eu sei teus segredos e sei , melhor do que você mesmo, quem tu és!

Mentalmente, repasso o plano e as rotas de fuga memorizadas na noite passada. Essa sensação de controle sobre o incontrolavel é o que torna tudo muito mais emocionante.
Adrenalina . Batidas descompassadas de um coração sedento.
Eu tenho uma besta dentro de mim, sedenta por sangue e aventura, que não pode ser controlada.
Ela sabe como encobrir meus passos e minhas armadilhas, por isso, a ousadia anda sempre de mãos dadas comigo.
Por isso essa fantasia holiwoodiana de que vivemos perigosamente virou um mantra. Um segredo que torna as horas entediantes muito mais bem gastas.

Afinal, nem tudo é descartavél.
Afinal, nem todo mundo é o que realmente diz ser ou o que realmente pensa que é.

A questão é: Qual vai ser seu proximo movimento?
ou ainda: Como você pretende percorrer o tabuleiro e se manter livre das miras ao mesmo tempo?

 

Eu?
Desisti de lutra contra o jogo.
Vesti a máscara e …. seja o que tiver que ser.

————————-

Som do post – http://www.youtube.com/watch?v=BetvInNSh0o&feature=related

Read Full Post »